sábado, 23 de janeiro de 2016

Tagore, o otimista e seu bigodão


Tagore da Cruz Correia Lima (foto) é o satisfeito dono de um bigodão de fazer inveja ao cantor Belchior (foto abaixo), ao astro da TV americana nos anos 80 Tom Salleck ou mesmo ao cientista Albert Einstein, se vivo fosse.

Mas Tagore, nome em homenagem ao poeta indiano, é mesmo um otimista incorrigível. Aposentado da Caixa Econômica Federal, mora no Santo Antônio e frequenta três turmas de bons companheiros, todos em estado de graça.

A turma do São Bento, que caminha ali na Consul Cadar, o pessoal do Parque da Barragem Santa Lúcia e por último, mas não menos importante, os bons amigos que se reúnem diariamente na banca de jornais do Fred, ali na Prudente de Morais.


Tagore agora tem mais uma razão para tanta felicidade: a chegada do netinho Rafael, que ele paparica na medida de sua frequência cardíaca e flexibilidade da coluna vertebral.


Um comentário:

  1. Este é o bigodão mais bem cuidado que conheço.

    ResponderExcluir